quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Breve Ilusão do Perfeito Amor



Ó Meu Preto Maravilhosa Ilusão do Perfeito Amor!

Embarco no comboio de pandeiros de lata chacoalhando o corpo - 268 - compondo sambas, enredos de opressão e desgraça

...naquela noite carioca de desejos - atravessei campos de batalha terríveis sonhando resgatar teus olhos refugiados

...quase virgens

...repousar a língua em teus segredos

Desobedeci o toque de recolher cruzando favelas escuras inteiras;

...avançando contra a matilha de almas penitentes que assanhavam os braços dando formas ao desespero do meu retrato natural de família obesa branca

...que impune surgia das sombras dos postes, das esquinas - do breu mais curioso e profundo

...impregnado dos odores imundos que exalam tuas valetas apinhadas de mães pretas, meninos ansiosos, espantos e vagabundos

De repente Eu!
ao lado do que sobrou do seu jorge filisteu,
meu anjo da guarda protetor - que nem santo é -
sob os escombros da marquise do bar do Zé

...na esperança aninhada de encontrar abrigo no infinito das coxas macias do teu sorriso,

Meu Alvorecer de Luz!

...em frente aos portões abandonados, cercado pela indigência sequiosa - que de mim, aos poucos se aproxima revelando-me os horrores e as ruínas da alma latina que não tem pra onde ir - em plena Central do Brasil!

...onde a qualquer momento voce deverá surgir

...meu super-herói impávido marchando sobre todas as carnes negras esfaceladas - a mim servidas! Sarapatel de Todas as Raças!

...olhando em meus olhos, sorrindo ao me ver

...iluminando minhas noites no Rio.

rm 270907

2 comentários:

euler disse...

Existe algum lugar onde você não atravessaria, por mais inóspito que fosse, deixando escapar seu "perfeito amor"?
Ah, Homem de "família obesa branca" que avança trajado com poderosa armadura, tramando metamorfose em cavalheiro dos amores impossíveis...
Prosegue tua marcha e leve-nos à maravilhosa conquista!

Eu♥Ler

Yuri disse...

Eu quero dizer que o poema esta lindo,e te desejo toda sorte do mundo.Muito obrigado por vc existir!